Portugal Testa Células de Combustiveis Domésticos

Informou o jornal “o Público”, em 21/1/04, que o nosso país em conjunto com a Alemanha, Holanda, e Espanha vai desenvolver um projecto “Virtual Fuel Cell Power Plant” , que envolve a instalação de 31 equipamentos à base de células de combustível, para a produção de electricidade e calor. Um deles ficará no Instituto Superior Técnico, em Lisboa.

Este projecto tem por base o facto de que qualquer casa tem um esquentador a gás para a água e uma conexão à rede eléctrica para as luzes. O que se pretende é testar uma solução doméstica que faça as duas coisas ao mesmo tempo, utilizando células de combustível – que produzem electricidade a partir do hidrogénio, sem provocar emissões poluentes.

O equipamento tem o tamanho de um frigorífico grande, mas, em termos técnicos, é uma microcentral de cogeração de energia, alimentado com Gás Natural, como um normal esquentador, possuindo um “reformador”, que transforma o Gás Natural em hidrogénio. Com este hidrogénio, uma célula de combustível produz electricidade e o calor que resulta deste processo é aproveitado como fonte de aquecimento.

Sete unidades destas estão já a funcionar, há um ano, na Alemanha e Holanda. Elas supriram entre um quarto e a metade do consumo de electricidade e um terço das necessidades de calor dos edifícios onde estão instalados. Além disso, dez por cento da electricidade produzida foi injectada na rede eléctrica pública ou seja, os consumidores de electricidade passaram a produtores.

Em países mais frios, uma microcentral de cogeração a hidrogénio pode servir para blocos de apartamentos, que necessitam de aquecimento durante a maior parte do ano.

Segundo refere o jornal, em Portugal, podem ser utilizadas para fins específicos, onde é preciso uma fonte constante de calor, como lavandarias, centros de saúde ou hospitais. No Instituto Superior Técnico (IST), o equipamento a ser testado ajudará a aquecer a água de uma piscina.

0 Likes
527 Visualizações

Também pode estar interessado em :

Deixe um Comentário

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter message.