Resposta às perguntas mais frequentes sobre o uso de viaturas a gás natural (VNG)

O Gás Natural como combustível é prejudicial ao meio ambiente?

Em todo o mundo, o Gás Natural é considerado um combustível ecológico, pelas suas características de baixa emissão de poluentes, uma vez que a sua queima é quase total, tanto nos motores dos veículos como nos fornos e caldeiras industriais. Diversos países têm incentivando o uso de VGN nos transportes, como forma de melhorar a qualidade do ar, principalmente nos grandes centros urbanos.

Quais são as principais aplicações do Gás Natural?

Mundialmente, após tratado, o Gás Natural é utilizado em residências, no comércio, em indústrias e em veículos.
Na Europa, o seu uso residencial e comercial é na preparação de alimentos e aquecimento de água. Na indústria, o Gás Natural é utilizado como combustível para fornecimento de calor, produção de electricidade e de força motriz, como matéria-prima nos sectores químico, petroquímico e de fertilizantes, e como redutor siderúrgico na fabricação de aço. Na área dos transportes, é utilizado em autocarros e automóveis, substituindo o gasóleo e a gasolina.

Quais as vantagens de ter um veículo movido a Gás Natural?

A principal vantagem está na redução do custo por quilómetro rodado, em relação aos outros combustíveis. Além disso, o Gás Natural é seco, não provocando resíduos de carbono nas partes internas do motor, o que aumenta a vida útil do motor e o intervalo de mudança de óleo, assim como reduz, significativamente, os custos de manutenção do motor.

Qual é a economia de um veículo movido a Gás Natural?

A economia resultante do uso de Viaturas a Gás Natural (VGN) é considerável. Para se ter uma ideia, destacamos que um carro movido a gasolina, rodando 200 km por dia, gasta em média um litro de combustível por cada 7,4 Km.
O mesmo carro, movido a Gás Natural, faz uma média de 11 Km por cada m3 de Gás (equivalente ao litro de gasolina).
Na maioria dos países, o Gás Natural para viaturas, tem uma redução de preço em cerca de 60%, em relação à gasolina.

Os automóveis movidos a Gás Natural causam menos danos ao meio ambiente?

Sim, a queima do Gás Natural é muito mais completa do que a gasolina, ou gasóleo. Por isso, os veículos que a utilizam emitem menos poluentes, diminuindo o Óxido de Nitrogéneo (NOX) em 84%, o Dióxido de Carbono (CO2) em 22%, o Monóxido de Carbono (CO) em 76%, os Hidrocarbonetos pesados (CnHm) em 88%, e eliminando praticamente as emissões de Benzeno e Formaldeídos, que são cancerígenos.Deste modo, o GN é uma grande opção de combustível nos grandes centros urbanos, ajudando no controle dos níveis de poluição e melhorando a qualidade de vida das pessoas.

Qual é o tempo gasto para converter um veículo a gasolina para GN?

O tempo gasto aproximado é de 3 a 6 horas, processo idêntico ao presentemente praticado com a adaptação para o GPL (Gás de Petróleo Liquefeito), com um preço ligeiramente superior dado operar com uma pressão mais elevada, obrigando à utilização de tubagem em inox e cilindros mais resistentes.

O Gás Natural pode ser instalado em qualquer tipo de motor?

Sim, todos os motores a gasolina estão aptos a funcionar com o GN. De salientar que o motor a GN é mais silencioso que os movidos a gasolina ou gasóleo.

Como converter os veículos para utilização do Gás Natural?

Para utilização do GN é necessário que se converta o carro numa das oficinas credenciadas para o efeito. Somente elas fornecem o “Certificado de Homologação de Montagem” do kit. Este documento atesta que todas as normas técnicas estabelecidas foram cumpridas, permitindo que o veículo seja legalizado.
Os veículos que vêm de fábrica preparados para rodar com o GN são bi-fuel, ou seja, os carros podem rodar com Gás Natural ou Gasolina. Basta escolher o combustível accionando um simples botão.

Existe perigo de explosão com o uso do Gás Natural Veicular?

Não existe perigo de explosão, pois o GNV além de ser mais leve que o ar o sistema (Armazenagem e Compressão), é dotado de válvulas de segurança que se fecham caso haja alguma rotura na tubagem.
Outro factor de segurança na utilização do GNV é que, no momento do abastecimento do veículo no Posto, o mesmo é feito sem que haja contacto com o ar, evitando assim qualquer possibilidade de combustão. Os cilindros de armazenamento de GN são dimensionados para suportar a alta pressão na qual o gás é comprimido, e ainda situações eventuais como colisões, incêndios e etc., os seus cilindros estão projectados para resistir a acidentes muito violentos, assim como a altas temperaturas. Nos EUA, um país rigoroso em segurança, o GNV é utilizado até mesmo em autocarros escolares.

Como abastecer um veículo movido a Gás Natural?

O abastecimento é tão simples como abastecer de gasolina e gasóleo. No nosso país os Postos de Abastecimento são privados, uma situação que os Municípios pretendem alterar, estando para breve a sua abertura para abastecimento público como ocorre já em toda a Europa.

Como é feita a distribuição do gás natural veicular para os postos de abastecimento?

Após sua extracção, o Gás Natural é transportado por gasodutos e/ou rede de gás das Distribuidoras de Gás, até os Postos de Abastecimento. Actualmente utiliza-se também o transporte do Gás Natural no estado líquido, em barcos ou camiões, tendo em conta que a sua passagem do estado gasoso a líquido sofre uma redução, no seu volume, de 600 vezes.

 

0 Likes
952 Visualizações

Também pode estar interessado em :

Deixe um Comentário

Please enter your name. Please enter an valid email address. Please enter message.